2011/07/01

Jan Van Eyck

        Pintor holandês nascido em Maaseik, no bispado de Liège, Flandres, então no Sacro Império Romano, hoje Bélgica, considerado o fundador da escola realista flamenga, especialista na recém-criada técnica da pintura a óleo. Nomeado pintor oficial (1422) de João da Baviera, conde de Holanda, três anos mais tarde entrou para o serviço do duque de Borgonha, Felipeo Bom, para quem realizou várias missões diplomáticas secretas na Espanha e em Portugal. Casou e fixou residência definitiva em Bruges (1431), cidade onde moreu. De juventude e formação incertas, as suas obras conservadas são dos seus últimos dez anos de vida, como A adoração do Cordeiro místico (1432) da igreja de são Bavo, em Gand, Retrato de um jovem (1432), O casamento de Giovanni Arnolfini e Giovanna Cenami (1434), Madona do cônego Van der Paele (1434-1436) e Madona na fonte (1439).


                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário